Documento simples 01 - Livro da fazenda do senhor conde meirinho-mor e rendimento dela e dos seus papeis e outras lembranças

Zona de identificação

Código de referência

PT/JBA/ CJBA/01

Título

Livro da fazenda do senhor conde meirinho-mor e rendimento dela e dos seus papeis e outras lembranças

Data(s)

  • 1588-1609 (Produção)

Nível de descrição

Documento simples

Dimensão e suporte

1 liv. com 300 fl.; em suporte papel.

Zona do contexto

Nome do produtor

Silva, Catarina da ([c. 1550]-[?]) (n. [c. 1550] - m. [?])

História biográfica

Nome do produtor

Nome do produtor

Castelo Branco, Duarte de ([c.1540]-1618) (n. [c.1540] - m. 1618)

História biográfica

Nome do produtor

Abreu, Jorge de Brito e (1949- ) (n. 1949 -)

História biográfica

Entidade detentora

História custodial e arquivística

O Livro da Fazenda, elaborado entre 1588 e 1609, pertenceu ao cartório dos condes de Sabugal até à sua incorporação no arquivo da casa de Palma pelo casamento da 3.ª condessa de Sabugal com D. Nuno Mascarenhas da Costa, em 1638. Pelo casamento de D. Beatriz Mascarenhas Castelo Branco da Costa, herdeira dos títulos de Palma e de Sabugal, com o 2.º conde de Óbidos, os arquivos foram integrados num só. Em 1836 este Livro da Fazenda vem descrito no Sumário alfabético dos documentos existentes no Cartório da (...) Casa dos Senhores Condes de Palma, Óbidos e Sabugal. Por morte do último conde de Óbidos todo o arquivo, incluindo o Livro da Fazenda, passou para a posse do marquês de Santa Iria, parente mais próximo e representante do título. O actual proprietário adquiriu-o, em finais do século XX, num alfarrabista de Lisboa.

Fonte imediata de aquisição ou transferência

Compra num alfarrabista de Lisboa.

Zona do conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Desconhece-se quem elaborou este Livro da Fazenda e porque foi feito, mas a data de 1588 é pouco posterior à da concessão do título de conde de Sabugal a D. Duarte de Castelo Branco (1582) por Filipe II de Espanha, rei de Portugal desde 1580. Tem início com um índice que informa que o conteúdo está dividido em três partes, tratando a primeira do “rendimento” da casa, a segunda dos “papeis” e a terceira das “lembranças”.
O livro está organizado por títulos que enumeram os rendimentos do morgado, senhorios e propriedades detidas pela casa, bem como os documentos que servem de suporte à sua gestão, garantindo a manutenção de mercês e a cobrança das rendas, assim como a defesa jurídica de direitos e privilégios. Os rendimentos da casa são enumerados minuciosamente e acompanhados das quantias a receber por cada um. Os “papéis” estão descritos em 13 títulos e conservados em 23 maços, a que correspondem 252 registos numerados sequencialmente dentro de cada maço ou título e 9 livros. A terceira parte intitulada “lembranças” regista as despesas e compras feitas por D. Duarte de Castelo Branco, assim como “as propriedade e mais cousas que são do morgado, patrimoniaes e da coroa”, com uma informação acerca de cada uma e as respectivas obrigações, bem como a localização no próprio livro das correspondentes escrituras.

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de organização

Zona das condições de acesso e utilização

Condições de acesso

Acesso condicionado a autorização do proprietário.

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

Script do material

Cota(s)

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Zona da documentação associada

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Related descriptions

Zona das notas

Nota

Nota ao elemento de informação "Título": o título formal é "Livro da fazenda do senhor conde meirinho-mor e rendimento della e dos seus papeis e outras lembranças, 1588".

Identificadores alternativos

Pontos de acesso

Pontos de acesso - assunto

Pontos de acesso - lugares

Zona do controlo da descrição

Identificador da descrição

identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

CONSELHO INTERNACIONAL DE ARQUIVOS — ISAD(G): Norma Geral Internacional de Descrição Arquivística. Trad. Grupo de Trabalho para a Normalização da Descrição em Arquivo. 2.ª ed. Lisboa: Instituto dos Arquivos Nacionais/Torre do Tombo, 2002, 97 p.

DIREÇÃO GERAL DE ARQUIVOS; PROGRAMA DE NORMALIZAÇÃO DA DESCRIÇÃO EM ARQUIVO; GRUPO DE TRABALHO DE NORMALIZAÇÃO DA DESCRIÇÃO EM ARQUIVO – Orientações para a descrição arquivística. 2.ª v. Lisboa: DGARQ, 2007, 325 p.

Estatuto

Preliminar

Nível de detalhe

Parcial

Datas de criação e revisão

2014-08-24; 2015-06-25.

Idioma(s)

Script(s)

Fontes

Nota do arquivista

Criado por Margarida Leme.

Metadados de objeto digital

Nome do ficheiro

CJBA_Livro_da_fazenda_inicio.jpg

Tipo de suporte

Imagem

Mime-type

image/jpeg

Tamanho do ficheiro

2.1 MiB

Transferido

1 de julho de 2015 06:30

Zona de direitos do objeto digital (Mestre)

Zona de direitos do objeto digital (Referência)

Zona de direitos do objeto digital (Icone)

Zona da incorporação